Thursday, September 6

Hoje sinto-me bem, como se nada nos separasse, como se os quilómetros de estrada que nos separam fisicamente não existissem e tu estivesses aqui ao meu lado, sentado ou deitado na minha cama com os meus dedos entrelaçados nos teus caracóis, a partilharmos este aroma apaixonado. Acho que esta noite vou sonhar contigo e de manhã vou acordar com o sorriso mais bonito do mundo. Afinal não, o mais bonito é o teu. E agora acabei de te ouvir, cá nas minhas memórias, a chamar-me. Oh, gosto tanto. Gosto tanto que chames por mim e digas ‘és tão fofinha’ ou ‘gosto tanto de ti’. Sabes porquê? Porque eu gosto igualmente de ti. Não te sei explicar porquê, e muito menos sei como me vieste parar às mãos, ou eu às tuas, mas sei que gosto, gosto muito, de ti. Boa noite meu amor. Amanhã acordo-te com – o desejo de - um beijo de bons dias.

No comments:

Post a Comment