Saturday, October 20


Ando tão sei lá... Há uma paz que me inunda a alma e estes dias gelados. Tenho sempre uma manta a  tapar-me as pernas e outra o coração. Tão saudável, tão feliz. Mas tão sensível. Estou em paz comigo mesma, mas a pressentir o pior. O meu avô vai ser operado ao coração e a minha avó anda doente, tem de ficar de cama. Espero conseguir chegar até ao coração deles, espero que seja o suficiente para os fazer sorrir. Porque eles merecem, pelas pessoas que são e pelo que fizeram de mim e de todos. Se hoje estou tão segura de mim, tão feliz por isto e por aquilo, devo-o também a eles. Eles vão ficar bem... Até porque está tudo bem. Ou tem de estar.

No comments:

Post a Comment