Wednesday, March 27

Meaning behind your url

anaritarogado-beyourself

Primeiro, queria identificar o url do meu blog com o meu nome, era apenas anarita-beyourself, mas uma vez coloquei sem querer o url no facebook e acabei por acrescentar o meu apelido para que os meus amigos que tentassem entrar já não conseguissem. Be yourself - sê tu mesmo - porque acho que era o que toda a gente devia ser. Não gosto de imitações, de invejas, de falsidades. Seria tudo muito mais fácil se fossemos o mais puro possível, e quiséssemos sê-lo. As pessoas são bonitas pelo que são, únicas. Be yourself é uma mensagem que eu tento passar. 

Esta talvez seja a minha foto mais recente que mais diz de mim. De braços abertos para a vida.


5 comments:

  1. o livro também é giro, aconselho :)
    concordo contigo, sermos nós próprios devia ser a nossa missão para cada dia!

    ReplyDelete
  2. É mesmo isso Ana Rita :)
    Se fossem eternos, quase todo o mundo seria muito feliz, mas eu sei bem como é perder alguém, perdi este verão o meu outro avô e não foi nada fácil nem para mim, nem para a minha mãe, para ninguém.
    Em toda a minha vida eu apenas conheci um amor, o de família, nunca tive outro, nunca namorei, nunca beijei, nada em 19 anos, quase 20. Mas este é o melhor amor de todos, o da nossa família, respondendo um pouco ao teu post anterior :)
    Já agora, sigo o teu blog ;)

    ReplyDelete
  3. É disso que eu tenho medo, ter um namorado que não me faça sentir assim tão especial e acabe por desistir dele.

    ReplyDelete
  4. Porque dizes que sou raro?
    Sabes, a pior parte do falecimento do meu avô foi ter sido eu o primeiro a saber e ele ter falecido 15 min antes de ter chegado ao hospital sozinho para ver como ele estava.
    eu sei que é difícil, mas um dia também serão eles, o ser humano pode ser forte em muitas coisas, mas apenas é vencido por 1 coisa. A morte.
    Era muito bom sermos imortais, eternos, já reparaste como seria? teríamos tempo para tudo, era uma maravilha...
    Mas infelizmente não e é nestes momentos que temos de contar com todos. Eu ainda não me sinto bem por me ter visto obrigado a deixar a minha mãe e a minha avó sozinhas por ter de fazer um relatório para entregar 3 dias depois para o qual não tinha paciência.
    Mas sabes, foi o falecimento dele que me abriu os olhos e cada vez mais me ensina a seguir o que quero. Formar-me em enologia.
    Sendo ele um produtor de vinho, embora caseiro...
    Tens toda a razão em relação ao amar, não existe altura certa, quando esse dia chegar eu entrego-me com todo o meu romantismo a quem merece, sendo ela como seja pois para mim, apenas o interior da pessoa conta e o exterior quase não conta nada, é como um grão de areia num deserto onde guardo todo o meu amor :)
    Obrigado por seguires

    ReplyDelete
  5. se calhar ainda temos mais coisas em comum que nem fazemos ideia fofa :)

    ReplyDelete